Roda o Livro - Orgulho e Prazer (opinião)

Hoje trago-vos a quarta e última opinião relativa ao desafio "Roda o Livro" que decorreu durante 2015.
   No final deste post irei deixar novamente o link para a opinião das outras participantes. O livro sobre o qual escrevo hoje, foi aquele que eu disponibilizei para este desafio.


Opinião:
   Este livro , colocando-o num top 4, estaria em 2º lugar daqueles que li nesta maratona. Foi o primeiro livro que li no ano de 2015 e também o primeiro que li desta autora. Ganhei este livro num passatempo e não tinha expectativas muito elevadas quando o comecei a ler. Por isso, posso dizer que foi uma surpresa positiva e gostei da leitura.
   Em primeiro lugar, posso dizer que fiquei desde logo fascinada pela capa, não só pelas cores, mas também pela delicada jóia representada. 
   O ano em que decorre a história (1818), também me surpreendeu pois pensei que a acção se passasse numa época mais actual. O enredo é bastante progressista para a época e não contava com este tipo de personagens pois, apesar de algumas serem conservadoras, outras apresentam ideias e pensamentos muito mais actuais do que seria de esperar. Ainda assim, ficam bem ilustradas tradições, preceitos e costumes da época em que decorre a história.
   Simpatizei muito com a personagem Eliza que é uma mulher extremamente perspicaz, independente e sedutora para a época retratada. É muito interessante a forma como essa necessidade de independência choca com as convenções da época que a pressionam para que se comporte de acordo com aquilo que esperam dela.   
   O casal Eliza e Jasper tem a meu ver uma excelente química, sendo Jasper um personagem galanteador, sedutor e atraente. São ambos atormentados pelo seu passado, ainda que por razões distintas.
   Ao lerem este livro vão encontrar um mundo de poder e riqueza, com todas as crises e perigos que este trás consigo. Existem também nesta história os tão falados casamentos por conveniência, onde é completamente posto de lado qualquer sentimento pois o que interessa é a posição social.
   Podem ainda contar com grandes reviravoltas ao longo da trama, muito suspense, intrigas, e traições de personagens que não estamos à espera. 
   Em suma, é um bom livro e recomendo a todos os que gostam deste género literário. Apesar de não ter sido o meu livro favorito deste desafio, gostei muito de o ler e fico satisfeita por o ter na minha estante.    

7 comentários: